sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Músicas De Fossa!

Sabe quando acabamos um relacionamento, ou só acordamos deprimidas sem motivo nenhum? Quando estamos nesses dias, às vezes precisamos de músicas tristes pra nos deixar pra baixo, não? Eu sei, não faz sentido, mas parece que acalma a alma. É por isso que eu e a Lari estamos fazendo uma lista com músicas especiais pra isso! As primeiras 5 músicas serão minhas, e as outras cinco da Lari (que vai colocar as dela depois). Então, vamos começar!

A minha música de fossa 1 não é triste, mas quando você tem um amor não-correspondido, ou quando está pra baixo ela te leva pro fundo.
Enchanted - Taylor Swift


'E conhecê-lo foi encantador. Tudo que posso dizer é que eu fiquei encantada em conhecê-lo. Esse amor está brilhando, não deixe-o partir [...] Eu ficaria pra sempre me perguntando se você sabia que fiquei estonteada ao te ver'


A música de fossa 2 é ideal pra quem terminou um namoro mas não acabou a paixão.
The Way I Loved You - Selena Gomez


'Mesmo se que eu me apaixone novamente por um outro alguém, não seria do mesmo jeito que eu amei você'


A música de fossa 3 se define em duas palavras: relação conturbada.
Battlefield - Jordin Sparks


'Eu nunca quis começar uma guerra, você sabe que eu nunca iria querer te machucar. Nem sei porque estamos brigando. Por que o amor sempre parece um campo de batalha?'


A música de fossa 4 me dá arrepios, me faz querer chorar, toca minha alma.
Almost Lover - A Fine Frenzy


'Adeus, meu quase amante. Adeus, meu sonho sem esperança. [...] Minhas costas estão viradas pra você. Eu deveria saber que você me traria dor no coração, quase-amantes sempre trazem'


A música de fossa 5 não é de fossa, mas o ritmo é tão bonito! Todas as músicas dessa banda são perfeitas, com letras tocantes, não necessariamente românticas. Achei que valia à pena por ela aqui. Ela é uma das minhas músicas favoritas.
Stop And Stare - One Repubic


'Pare e olhe. Eu acho que eu estou me movendo mas eu vou a lugar nenhum. Eu sei que todo mundo tem medos, mas eu me tornei o que eu não posso ser. Pare e olhe, [...] você daria qualquer coisa para conseguir o que é justo, mas justo não é o que você precisa de verdade. Oh, você pode ver o que eu vejo?'

Nenhum comentário:

Postar um comentário