sábado, 20 de novembro de 2010

Centésimo Post

"A mulher deseja ser amada, finjindo não amar; deseja ser senhora do mesmo de quem é escrava" - trecho de A Moreninha, de Joaquim Manuel de Macedo.

Temos que ler um clássico para a aula de português e eu estou lendo A Moreninha. Admito que não é nada como ler um livro da Meg Cabot ou qualquer outro livro de adolescente da atualidade. É muito complicado e díficil. Tá, nem tanto assim, mas algumas várias palavras li sem nem mesmo saber o significado.

Ainda não terminei de ler o livro. Tenho que revelar que parei de ler e começei a ler Os Delírios de Consumo de Becky Bloom, pois não aguentava mais ler palavras que desconheço. Desculpem-me se meu modo de escrever está muito formal. Culpa do livro.

Apesar de não ser meu estilo de livro preferido e ser meio confuso pra mim, o livro é bom. Meio água com açúcar (afinal, é um romance), mas bom.

Não me perguntem porque estou escrevendo sobre esse livro na comemoração do meu centésimo post. Também não sei.

Só queria agradecer a todos os meus leitores que leram com paciência meus desabafos, minhas conquistas e todas as besteiras que eu escrevi.

Então, muito obrigada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário