sábado, 23 de outubro de 2010

Desistir?



Não sei se vocês sabem, mas eu sempre quis ser famosa. Já mudei de profissão umas 25 vezes, mas nunca mudei meu sonho de ser famosa. Hollywood, glamour, e pessoas loucas pra me conhecer.
Se você não me conhece, é provável que você não saiba que eu sou MUITO³³³³ tímida. Pois é. Esse é um dos motivos do porque eu, depois de grande e mais madura, não consigover meu sonho se realizando.

Eu sei, eu sei, você pode perder a timidez, blábláblá. Acontece que eu não consigo imaginar os holofotes brilhando em mim. E eu não tenho talento sufuciente para trabalhar em uma das profissões que mais levam as pessoas a lugares com milhares de pessoas querendo um autógrafo, uma foto, ou uma simples troca de palavras.

Aqui vão algumas profissões que trazem a fama ou que eu já cogitei trabalhar:

  • Atriz - já atuei em algumas peças de teatro do colégio, mas não me sinto confortável e não consigo ser natural. Nunca gostei de atuar mesmo.

  • Cantora - o que você faz com uma pessoa que sonha em ser cantora desde criança e canta como uma orca desafinada?

  • Modelo - apesar de já ter desfilado várias vezes, nunca tive e não tenho o corpitcho necessário para tal profissão.

  • Escritora - essa foi a profissão que mais me atraiu. Já comecei a escrever um livro, componho músicas e minhas redações eram boas. Eram. Acho que estou passando por uma faze de bloqueio criativo + dificuldade de escrever. Será?

  • Apresentadora de TV - nem a pau, Juvenal

  • Blogueira - por um acaso você já leu esse blog?

  • Chef - eu gosto de cozinhar, apesar de odiar fogões e fornos (sou super³³³³³³ fã mesmo é do microndas) mas ter que trabalhar nos feriados e mandar nas pessoas?

  • Professora de inglês - que que eu tinha na cabeça?????

  • Dona de loja - loja de roupas eu não ia poder ter, já que não gosto de moda (por isso que eu nunca escrevi um post falando disso). Sei lá, não é uma profissão que me agrade...

E essas são apenas algumas das profissões em que eu já pensei em trabalhar.



Realidade ou momento tristeza aguda?



Já tinha esquecido que ainda tenho 3 anos para decidir o que fazer. Acho que eu não preciso decidir agora. Mas eu precisava desabafar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário