sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Sinto falta



De tudo que eu era, de tudo que eu já fui. De tudo que eu gostava e de tudo que me fazia feliz. Dos momentos em que eu tinha certeza de tudo. Da disposição, da alegria. De como eu sempre trocava um ponto final por uma vírgula. De como eu chorava abraçada com meu ursinho de pelúcia. De como depois de uma briga eu sempre procurava melhorar. De quando eu ainda conseguia dizer algumas coisas. De quando o difícil era só difícil.

Das vezes que eu precisava segurar os risos, de quando as lágrimas escapavam. Daquela expectativa, ansiedade. De escrever textos e músicas, mesmo que fossem pra pessoas que não mereciam. Do humor estável. Dos amigos verdadeiros e abraços sinceros. De ter meu coração batendo por outro alguém. De organizar tudo achando que isso organizaria também a minha vida. De acordar querendo ir pra escola. De nunca me sentir sozinha.

Sinto falta de não sentir falta do que eu era.

Nenhum comentário:

Postar um comentário